17 de julho de 2008

O que preciso para fazer evangelismo digital?

OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO

Como tudo na vida, antes de tomar uma atitude você precisa de objetivo. E o evangelismo digital não é diferente nesse aspecto.

Sem analisar mais profundamente a questão, podemos responder: "meu objetivo é evangelizar!"

E você tem toda a razão pensando assim. No entanto, eu não chamaria essa resposta de um objetivo. Eu chamaria de uma boa intenção ou uma vontade. Para fazer evangelismo nas igreja convencionais é necessário mais do que vontade. É necessário ter objetivos. Quando uma igreja vive sem objetivos, as pregações viram palestras, as mensagens musicais viram apresentações, a congregação vira auditório, o estudo da Bíblia focado no "assim diz o Senhor" vira "na minha opinião...". Com esse ritmo, os cultos vão acontecendo, as pessoas vão freqüentando a igreja e vamos vivendo sem um ambiente que proporcione um verdadeiro conhecimento de Deus. Fazer evangelismo digital não é diferente.
Os materiais produzidos necessitam ter um público-alvo definido. Como exemplo de públicos-alvo, segue:

Adultos que ainda não conhecem a Palavra de Deus;
Adultos que conhecem a Palavra de Deus, mas têm uma compreensão diferente da nossa;
Jovens casais;
Adolescentes que já freqüentam a nossa igreja;
Pessoas que gostam de assuntos controversos;
Pessoas que desejam estudar profundamente.

Esse é o ponto de partida: defina seu objetivo e seu público-alvo. Sem isso em mente, seu evangelismo digital vai ser um monte de superficialidade acrescentando quase nenhum conhecimento aos que o lerem.

INFRA-ESTRUTURA

Para que o material produzido por você possa ser conhecido por mais pessoas, é necessário que alguém coloque-o no formato desejado. Pode ser um site, um cartão-virtual, um estudo bíblico, um artigo, um software, uma enciclopédia, conteúdo bíblico, etc. Essa pessoa (ou grupo de pessoas) precisa atualizar o material já criado e criar novos materiais, para que sua iniciativa não pare na primeira publicação.
Além de pessoa(s), é necessário ter em mente o meio que será usado para publicar o material criado. Você pode publicá-lo por e-mail, construir um site (ou utilizar um já existente, associando-se a ele), um CD ou DVD, por celular, etc.
A vantagem da internet, é que a publicação usando essa grande rede é muito barata, quando comparada com a impressão em papel. Outra grande vantagem de usar a internet, é que a atualização do material é muito mais dinâmica e pode também ser interativa.

DETERMINAÇÃO

Como na igreja convencional, evangelizar pela internet precisa de determinação. Não desistir facilmente, pois lembre-se: ninguém vai batizar-se no seu site. As pessoas que um dia decidirem pelo batismo, provavelmente nem contarão isso a você. Em outras palavras, o evangelismo digital tem a mesma função, em muitos casos, do folheto entregue. Você apenas semeia. Quem fica sabendo da colheita nem sempre é você.

NOÇÃO DA ABRANGÊNCIA

Quando você distribui panfletos na rua, sabe exatamente aonde está atuando. No entanto, se seu evangelismo digital estiver baseado na internet, não fique admirado se você consultar os relatórios de visita e vir que alguém da Croácia ou Japão visitou seu site.Essa é a internet. Você não sabe quem vai ler seu material. Você não pode partir da premissa que seus visitantes sabem aonde você está fisicamente.A internet tem abrangência mundial. Isso é um fato.

INTERATIVIDADE

Cada vez mais as pessoas querem interagir com as outras. Criar uma comunidade em torno de seu evangelismo digital é o melhor que você pode fazer. Uma comunidade estabelecida significa que as pessoas acessam seu material. Isso tudo o que você precisa. Quem acessa com freqüência, gosta do que vê. Se gosta, certamente vai indicar a outras pessoas. Esse é o princípio do Marketing Viral.

CONTEÚDO

Não adianta ter apenas um visual bonito, é preciso ter conteúdo. E o conteúdo precisa ser freqüentemente atualizado. Se você conseguir colaboradores que possam atualizar o material sem depender de você, ótimo!Assim, seu conteúdo vai sendo atualizado sempre, e os visitantes sempre terão novidades.

PLANEJAMENTO

Resumindo tudo o que eu disse, para fazer evangelismo digital, você precisa de planejamento. Sem planejar, seu site não vai passar de uma página, seu material será um único folheto, você terá a impressão de estar nadando contra a maré, as pessoas não ficarão interessadas no que você publicar e você irá desistir de evangelizar.
Antes de começar veja se seu projeto é viável. Acima de tudo, ore a Deus para que Ele lhe mostre o que você deve fazer.

Evangelismo digital não é brincadeira de criança. É uma das formas de levar a Palavra de Deus ao mundo.

2 comentários:

Wanderley disse...

Quero parabenizar a equipe que produz o site da TinguiTeen.
Trata-se de um trabalho bastante sério, pelo que pude notar em minha primeira visita a este site. Há qualidade na escolha do design, na estrutura de conteúdos e no grau de utilidade dos temas abordados.
Isso mostra que está por trás uma equipe composta de valores, não somente do ponto de vista do uso competente da teconologia em favor do evangelismo, mas pessoas com habilidades especiais para produzir e publicar os textos com um bom nível.

Apreciei, sobretudo, esta matéria, que oferece diretrizes básicas para um evangelismo digital eficiente. Quero destacar, dentre as orientações dadas, a importância fundamental da determinação.
Quantos sites de excelente nível já surgiram e que, por falta de determinação de que quem os criou, perderam-se no tempo! Os principais motivos da descontinuidade em curto espaço de tempo são a falta de planejamento consistente, como deve ocorrer em qualquer iniciativa empreendedora, e que preveja situações de dificuldades para a sua manutenção e atualização. Na etapa do planejamento devem ser previstas ações de longo prazo e que incluam no projeto pessoas comprometidas e responsáveis.

Mais uma vez, parabéns à equipe! A Igreja precisa de conteúdos como esse, que ofereça aos adolescentes e jovens material de qualidade, como vocês fazem aqui!

Blog do Clube de Jovens da IASD Tingui em Curitiba - PR. disse...

Muito obrigado pelo comentário!
Muito obrigado mesmo!

São comentários como esse que nos animam a continuar!

Deus seja louvado!

Abraços